Manómetros de mola tubular

 
Série MS1 DN 40-50
MS1 DN 40-50 - Manómetro de mola tubular série standard DN 40-50
  • Descrição
fiogf49gjkf0d

Projectados para fluidos gasosos que nãp agridem as ligas de cobre, não apresentem uma viscosidade elevada e que não se cristalizem.




Série MS1 DN 150
MS1 DN 150 - Manómetro de mola tubular
  • Descrição
Projetados para fluidos líquidos ou gasosos que não agridem as ligas de cobre, não apresentem uma viscosidade elevada e que não se cristalize.



Série MS4 DN 100
MS4 DN 100 - Manómetro de mola tubular série antivibração
  • Descrição
Instrumentos projetados para uso em centrais de produção de energia elétrica, bomba, prensas, compressores, turbinas, plantas de refrigerações e com máquinas com pressões pulsantes e vibrações mecânicas. O enchimento da caixa com liquido permitem amortecer as oscilações do ponteiro em presença de vibrações mecânicas. Podem ser utilizadas com fluidos líquidos ou gasosos que não ataquem as ligas de cobre, que não apresentem uma viscosidade elevada e que não se cristalizem.



Série MGS10 DN 63
MGS10 DN 63 - Manómetro de mola tubular série antivibração
  • Descrição
Instrumentos projetados para uso em centrais de produção de energia elétrica, bombas, prensas, compressores, turbinas, motores diesel, plantas de refrigerações e com máquinas com pressões pulsantes e vibrações mecânicas. Podem ser utilizadas com fluidos líquidos ou gasosos que não ataquem as ligas de cobre, que não apresentem uma viscosidade elevada e que não se cristalizem.



Série MGS18 DN 63
MGS18 DN 63 - Manómetro de mola tubular série "tudo inox"
  • Descrição
Instrumentos projetados para as indústrias químicas, petroquímicas, s ã o fabricados a resistirem as condições de trabalho mais desfavoráveis, determinada pela agressividade do fluido no processo e do ambiente e assim como pelos fluidos que não apresentam uma viscosidade elevada e que não se cristalizam. Para a utilização em centrais óleodinámica, bombas, hidrolimpeza, prensas, compressores, turbinas, motores Diesel, plantas químicas, petroquímicas e de refrigeração, comumente em presença de pressão pulsantes e vibrações, se aconselha a versão com líquido amortecedor.



Série MGS18 DN 100-150
MGS18 DN 100-150 - Manómetro de mola tubular série "tudo inox" 
  • Descrição
Instrumentos projetados para a indústria alimentícia, farmacêutica, petroquímica e nuclear, fabricados para resistirem às condições de trabalho mais desfavoráveis, determinada pela agressividade do fluido no processo e do ambiente assim como pelos fluidos que não apresentam uma viscosidade elevada e que não se cristalizam. A qualidade dos materiais utilizados para o elemento sensível, consiste sua instalação em presença de pressão pulsante e elevada freqüência. A solda TIG entre a caixa e a conexão ao processo, garantem uma melhor robustez e estanquidade em caso de enchimento com liquido amortecedor. O enchimento da caixa com liquido permite amortecer as oscilações do ponteiro e reduz o desgaste do mecanismo na presença de vibrações e pressões pulsantes. Por outra parte evita a formação de condensação e a entrada de gases corrosivos, que podem destruir as partes internas.



Série MGS19 DN 100-150
MGS19 DN 100-150 - Manómetro com mola tubular execução Heavy Work 
  • Descrição
Instrumentos projetados para a química, petroquímica, fabricados para resistirem às condições de trabalho mais desfavoráveis, determinada pela agressividade do fluido no processo e do ambiente assim como pelos fluidos que não apresentam uma viscosidade elevada e que não se cristalizam. A utilização em presença de pressão pulsante e elevada dinâmica consente a qualidade dos materiais utilizados para o elemento sensível, e o enchimento da caixa com líquido amortizante. A particular tecnologia de fabricação permite a utilização em presença de sobrepressão até 4 vezes o valor de fundo de escala, sem alterar os valores de precisão e de repetibilidade. A solda TIG entre a caixa e a conexão ao processo, garantem uma melhor robustez e estanquidade em caso de enchimento com liquido amortecedor



Série MGS20 DN 100-150
MGS20 DN 100-150 - Manómetro solid-front de mola tubular série "tudo inox"
  • Descrição
Instrumentos de acordo com as prescrições construtiva e de segurança pela norma EN 837-1/S3 e ASME B40.1. Em caso de fuga ou ruptura do elemento elástico, o operador estará protegido por uma parede sólida posta na frente do instrumento e uma tampa de escape posterior que se romperá. São normalmente utilizados nas indústrias químicas, petroquímicas, em centrais convêncionais. A solda TIG entre a caixa e a conexão ao processo, garantem uma melhor robustez e estanquidade em caso de enchimento com liquido amortecedor. O enchimento da caixa com liquido permite amortecer as oscilações do ponteiro e reduz o desgaste do mecânismo na presença de vibrações e pressões pulsantes. Por outra parte evita a formação de condensação e a entrada de gases corrosivos, que podem destruir as partes internas.



Série MGS22 DN 100-150
MGS22 DN 100-150 - Manómetro solid-front de mola tubular, totalmente em inox, para alta pressão
  • Descrição
Instrumentos conforma as prescrições de segurança das normas EN 837-2 e ASME B40.1. Em caso de fulga ou ruptura do elemento elástico, o operador estará protegido por uma parede sólida posta na frente do instrumento e uma tampa de escape posterior que se romperá. São principalmente utilizados em equipamentos com a tecnologia “getto d’acqua” de altíssima pressões, corte com água, bomba e turbina para hidrolimpeza, sistema de hidrodemolição. A solda TIG entre a caixa e a conexão ao processo, garantem uma melhor robustez e estanqüidade em caso de enchimento com liquido amortecedor. O enchimento da caixa com liquido permite amortecer as oscilações do ponteiro e reduz o desgaste do mecanismo na presença de vibrações e pressões pulsantes. Por outra parte evita a formação de condensação e a entrada de gases corrosivos, que podem danificar as partes internas.



Série MGS8 DN 250
  • Descrição
Instrumentos projetados para a indústria química, petroquímica, fabricados para resistirem as condições de trabalho mais desfavoráveis, determinada pela agressividade do fluido no processo e do ambiente assim como pelos fluidos que não apresentam uma viscosidade elevada e que não se cristalizam.



Série OM  DN 100
OM DN 100 - Manómetro de mola tubular para homogeneizador
  • Descrição
Este instrumento foi projetado para trabalhar com homogeneizador e construído em conformidade com as prescrições da norma n°74-06 da associação 3-A (Sanitary Standards Symbol Administrative Council). A construção livre de defeitos e com o grau de fino acabamento nos garante a máxima higiene. A conexão ao processo e constituída de um separador de fluido especial com membrana, parte integrante do manômetro. Para reduzir os efeitos em condições particularmente severas , vibrações e pulsação. As caixas dos instrumentos podem ser enchida com liquido amortecedor.



Série SP DN 63-100
SP DN 63-100
  • Descrição
fiogf49gjkf0d

Manómetro sanitário DN 63-100.


Série MN14/10 DN 100-150
MN14/10 DN 100-150 - Manómetro com contactos eléctricos 
  • Descrição
Os contatos elétrico, indutivos, eletrônicos são os dispositivos móveis que abrem e fecham os circuitos elétricos em função da posição do ponteiro indicador. São utilizados em combinações com os manômetros, de mola bourdon, de fole, de membrana e termômetros de fabricação Nuova Fima, que assim equipados podem ser utilizados como pressostatos, limitadores de pressão e termostatos.



Série MN14/18 DN 100-150
MN14/18 DN 100-150 - Manómetro com contactos eléctricos série "Todo INOX"
  • Descrição
Os contatos elétrico, indutivos, eletrônicos são os dispositivos móveis que abrem e fecham os circuitos elétricos em função da posição do ponteiro indicador. São utilizados em combinações com os manômetros, de mola bourdon, de fole, de membrana e termômetros de fabricação Nuova Fima, que assim equipados podem ser utilizados como pressostatos, limitadores de pressão e termostatos.



Série MCE10 DN 100
MCE10 DN 100 - Manómetro com contactos eléctricos
  • Descrição
Utilizados para realizar intervenções elétricas em compressores, bombas, prensas, circuitos óleo dinâmicos, hidráulicos, pneumáticos. O contato abre e fecha o circuito em função da posição do ponteiro de indicação e são ajustáveis em todo o campo da escala. Para a utilização em condições particularmente onerosas, com freqüentes e rápidas variações de pressões, vibrações e pulsações, são fabricados com enchimento com liquido amortecedor. O fluido reduz consideravelmente o efeito causado por tais fatores e aqueles causados pela atmosfera agressiva, melhorando a duração e a estabilidade do manômetro e dos contatos elétricos. São disponíveis contatos indutivos e com segurança intrínseca.



Série MCE18 DN 100
MCE18 DN 100 - Manómetro com contactos eléctricos série "Todo INOX"
  • Descrição
Utilizados para realizar intervenções elétricas em compressores, bombas, prensas, circuitos óleo dinâmicos, hidráulicos, pneumáticos, indústrias químicas e petroquímicas. O contato abre e fecha o circuito em função da posição do ponteiro de indicação e são ajustáveis em todo o campo da escala. Para a utilização em condições particularmente onerosas, com freqüentes e rápidas variações de pressões, vibrações e pulsações, são fabricados com enchimentos com liquido amortecedor. O fluido reduz consideravelmente o efeito causado por tais fatores e aqueles causados pela atmosfera agressiva, melhorando a duração e a estabilidade do manômetro e dos contatos elétricos. São disponíveis contatos indutivos e com segurança intrínseca.



Série MN15 DN 150
MN15 DN 150 - Manómetro padrão com mola tubular série "Todo INOX" classe 0,6%
  • Descrição
Instrumentos projetados para serem utilizados como manômetros de controle e de recalibração e em outras aplicações onde a precisão e a repetibilidade são elementos muito importantes. Os fluidos dos processos devem ser líquidos ou gasosos que não ataquem as ligas de cobre e não apresentam uma viscosidade elevada e que não se cristalizam. As partes em contato com o líquido do processo, em AISI 316L são aptos a resistirem as condições de trabalho desfavoráveis, determinadas pela agressividade do fluido e do ambiente. Se solicitado pode ser acompanhado de um certificado de calibração expedido por um laboratório credenciado ACCREDIA (Ex S.I.T. – Serviço Italiano de Calibração)



Série MN16 DN 150
MN16 DN 150 - Manómetro padrão solid front com mola tubular série "Todo INOX" classe 0,6%
  • Descrição
Instrumentos projetados para serem utilizados como manômetros de controle e de recalibração e em outras aplicações onde a precisão e a repetibilidade são elementos muito importantes. Em caso de fuga ou ruptura do elemento elástico, o operador estará protegido por uma parede sólida posta na frente do instrumento e uma tampa de escape posterior que se romperá. Os fluidos do processo devem ser líquidos ou gasosos, que não apresentam uma viscosidade elevada e que não cristalizem. As partes em contato com o líquido do processo, em AISI 316L são aptos a resistirem as condições de trabalho desfavoráveis, determinadas pela agressividade do fluido e do ambiente. Se solicitado pode ser acompanhado de um certificado de calibração expedido por um laboratório credenciado ACCREDIA (Ex S.I.T. – Serviço Italiano de Calibração).



Série MN17 DN 150
MN17 DN 150 - Manómetro padrão "solid front" com mola tubular classe 0,25%
  • Descrição
Instrumentos projetados para serem utilizados como manômetros de controle e de recalibração e em outras aplicações onde a precisão e a repetibilidade são elementos muito importantes. Em caso de fuga ou ruptura do elemento elástico, o operador estará protegido por uma parede sólida posta na frente do instrumento e uma tampa de escape posterior que se romperá. Os fluidos dos processos devem ser líquidos ou gasosos que não ataquem as ligas de cobre e não apresentam uma viscosidade elevada e que não se cristalizam. As partes internas em cobre berílio, permitem elevada precisão de indicação. Se solicitado pode ser acompanhado de um certificado de calibração expedido por um laboratório credenciado ACCREDIA (Ex S.I.T. – Serviço Italiano de Calibração).



Série MN25 DN 150
MN25 DN 150 - Manómetro padrão "solid front" com mola tubular série "Todo INOX" classe 0,25%
  • Descrição
Instrumentos projetados para serem utilizados como manômetros de controle e de recalibração e em outras aplicações onde a precisão e a repetibilidade são elementos muito importantes. Em caso de fuga ou ruptura do elemento elástico, o operador estará protegido por uma parede sólida posta na frente do instrumento e uma tampa de escape posterior que se romperá. Os fluidos do processo devem ser líquidos ou gasosos, que não apresentam uma viscosidade elevada e que não cristalizem. As partes em contato com o líquido do processo, em AISI 316L são aptos a resistirem as condições de trabalho desfavoráveis, determinadas pela agressividade do fluido e do ambiente. Se solicitado pode ser acompanhado de um certificado de calibração expedido por um laboratório credenciado ACCREDIA (Ex S.I.T. – Serviço Italiano de Calibração).



Série MN17/L DN 250
MN17/L DN 250 - Manómetro para laboratório classe 0,1%
  • Descrição
Instrumentos projetados para serem utilizados como manômetros de controle e de recalibração e em outras aplicações onde a precisão e a repetibilidade são elementos muito importantes. Os fluidos dos processos devem ser líquidos ou gasosos que não ataquem as ligas de cobre e não apresentam uma viscosidade elevada e que não se cristalizam. Se solicitado pode ser acompanhado de um certificado de calibração expedido por um laboratório credenciado ACCREDIA (Ex S.I.T. - Serviço Italiano de Calibração).